Proibição da venda de milhas: sabia que a companhia aérea não pode fazer isso? - Indenizei Proibição da venda de milhas: sabia que a companhia aérea não pode fazer isso? - Indenizei

Viajar é sempre bom e quando a viagem é planejada fica melhor ainda, porque dá aquela sensação de organização e controle, porém, na maioria das vezes, imprevistos ocorrem e os planos de viagem vão por água abaixo, principalmente se a viagem foi pensada por meio da utilização de milhas aéreas como é o caso de muitas pessoas. 

Para quem gosta de economizar na hora de comprar a passagem, utilizar plataformas que oferecem pacotes mais baratos é uma opção. Inclusive, confira nosso post sobre o melhor dia para comprar passagem.

Por outro lado, há também quem utilize planos de fidelidade com milhas para trocar por uma passagem aérea, por exemplo. Para esses passageiros que utilizam sites de troca de milhas como a 123 milhas, ocorre uma grande frustração na viagem, que muitas vezes, é causada pela própria companhia aérea a qual não aceita a venda ou troca de milhas feita de um passageiro para um terceiro. Mas a grande questão é: isso é possível legalmente falando?

venda de milhas

Como funciona a 123 milhas?

Primeiro, vamos entender como é o funcionamento do site.

 A 123 milhas é uma plataforma online que procura os melhores preços de passagem aérea e também faz a mediação entre compra e venda de milhas. Pelo fácil acesso da plataforma e oferta de pacotes de viagens mais baratos, a 123 milhas acabou se popularizando entre os sites de busca, se tornando uma ferramenta muito útil para os passageiros no momento de planejar uma viagem

Companhias aéreas não aceitam que o passageiro venda suas milhas para terceiros ou instituições

Como a alegria de um viajante dura pouco tempo, o planejamento da viagem pode ser frustrado pela companhia aérea quando ela não aceita que um passageiro venda suas milhas.

Isso acontece porque as companhias aéreas, especialmente as que oferecem programas de fidelidade como é o caso da Latam Pass, Tudo Azul e Smiles, costumam expressar por meio de regras a proibição da venda de milhas para uma pessoa ou instituição, a ponto de sujeitar o passageiro a ser expulso do programa. Logo, o cliente que vende para a 123 milhas está sendo impedido de comercializar o benefício devido a dificuldade imposta pela companhia aérea. 

A Cia Aérea pode fazer isso?

Esse posicionamento das companhias aéreas é considerado ilegal pelo PROCON, porque está infringindo os direitos do consumidor. Portanto, é importante que o passageiro fique atento aos seus direitos neste caso, atentando-se também, à assistência que a cia aérea vai dar caso ele tenha algum imprevisto e precise remarcar a viagem. 

Como se dá a assistência da companhia aérea para quem comprou a passagem por milhas?

Em caso de assistência na compra de passagem pela 123 milhas, quando o passageiro tem algum imprevisto e precisa recorrer a alteração ou reembolso da passagem, por exemplo, a companhia aérea geralmente orienta que entre em contato com a 123 milhas, pois foi ela que emitiu a passagem. Já a 123 milhas dirá que a alteração é por parte da companhia aérea, logo, nenhuma empresa auxilia o passageiro adequadamente e ele continua com o problema que não foi resolvido. 

Quem deve auxiliar o passageiro: a cia aérea ou a 123 milhas?

A responsabilidade das empresas é conjunta. Ambas devem resolver o problema do passageiro, mas como a compra foi feita pela 123 milhas, essa possui uma responsabilidade maior em resolver eventuais problemas com a passagem.

Por isso, para evitar esse tipo de conflito, é indicado que o passageiro sempre cumpra com suas obrigações, chegando mais cedo no aeroporto para não perder o voo, por exemplo. Em caso de alteração ou cancelamento de voo enquanto o passageiro ainda está no aeroporto, a companhia aérea deve ser comunicada ainda nesse ambiente. 

Se por algum motivo a companhia for negligente com o passageiro fazendo com que ele perca o voo por atraso ou cancelamento por overbooking, isso é motivo de indenização.

 

E a Indenizei está aqui para te auxiliar!

 

Independente da forma que o passageiro compra sua passagem, se houve relação de consumo, há direitos envolvidos. Portanto, a equipe da indenizei.com trabalha para garantir que os passageiros tenham uma viagem tranquila e sem muitos contratempos, cobrando da companhia aérea o cumprimento de suas obrigações.

 

Não deixe sua viagem ser frustrada por um problema que pode ser solucionado por especialistas e sem burocracia. Chame a gente e avalie seu caso gratuitamente!

 

venda de milhas

 

Indenizei.com

A Indenizei está no mercado desde 2020 e já ajudou mais de 1.500 pessoas que tiveram problemas com voo. Foram atrasos, cancelamentos, remarcações, overbooking e muito mais. Não deixe de buscar pelos seus direitos! ✈️ Indenizei: aqui a indenização voa até você.

Indenizei.com

Indenizei.com

A Indenizei está no mercado desde 2020 e já ajudou mais de 1.500 pessoas que tiveram problemas com voo. Foram atrasos, cancelamentos, remarcações, overbooking e muito mais. Não deixe de buscar pelos seus direitos! ✈️ Indenizei: aqui a indenização voa até você.

Deixe um Comentário

Optimized with PageSpeed Ninja