Principais golpes financeiros e como evitá-los - Indenizei Principais golpes financeiros e como evitá-los - Indenizei

Durante a pandemia, a utilização da tecnologia se intensificou, tornando realidade o modo de trabalho home office na vida de vários brasileiros. Com isso, os golpes financeiros também tiveram um grande aumento. 

Por trás das telas de notebooks e celulares, podem estar pessoas de má-fé com intenção de cometer fraude bancária das mais diversas formas, portanto é importante ficar atento(a) e bem informado(a) para não passar por situações desagradáveis. 

Com a facilidade que a tecnologia traz, os golpistas estão aperfeiçoando cada vez mais suas técnicas. Por isso é importante o enfoque nesse assunto para se proteger de qualquer possibilidade de golpe financeiro. 

Dessa forma, criamos esse artigo com os 5 golpes financeiros mais comuns, para você se orientar e não se tornar mais uma vítima dos crimes cibernéticos. Continue a leitura!

1. Clonagem de cartão de crédito

Esse tipo de golpe financeiro é um dos mais antigos, mesmo antes do avanço rápido e intenso da tecnologia, proveniente da pandemia, a sua prática já era bastante comum. Mas, com a facilidade de acesso à informação que a rede traz, merece ainda mais atenção. 

Antigamente, as compras, na maioria das vezes, eram feitas presencialmente, requerendo um maior esforço do bandido em roubar seus dados. Hoje em dia, com os números dos cartões salvos na rede, esses golpes financeiros se tornaram ainda mais comuns.  

Desse modo, uma forma de se prevenir é ser cliente de um banco mais moderno que possui cartões virtuais que geram números temporários, próprios para compras online. Após utilizados uma única vez, são desativados.

Outra forma de se precaver é possuir um aparelho de telefone seguro e moderno, que proporcione a utilização de aplicativos como o Wallet. Ele guarda o número dos seus cartões e permite que você pague as contas com o próprio aparelho celular.

Como pode perceber, se utilizada de forma correta, a tecnologia é sua aliada contra esses golpes financeiros. Da mesma forma que os estelionatários a utilizam contra você, existe a possibilidade dela ser utilizada em prol da sua proteção de dados. 

2. Phishing: uso indevido de dados

O nome é derivado do inglês e significa pescaria. O estelionatário joga sua isca no oceano das redes com o intuito de capturar seus dados pessoais. 

A prática do “Phishing” pode ocorrer por diversos meios, como SMS, e-mail, WhatsApp, sites falsos e redes sociais.

Geralmente, os golpistas enviam mensagens se passando por bancos, empresas de telefonias, lojas, entre outros, contendo mensagens de alerta que te farão clicar em links. Clicou, mordeu a isca.

Esses links podem te direcionar a sites falsos, se passando por grandes empresas, que vão roubar seus dados ou simplesmente ser instantâneos, bastando o clique para você se tornar vítima. 

De acordo com uma pesquisa realizada, a maioria desses golpes financeiros são aplicados pelo WhatsApp. Existe até mesmo a possibilidade do golpista utilizar fake news de isca para atrair a vítima. 

Portanto, se receber alguma mensagem de número desconhecido oferecendo um emprego com um link ou um e-mail do banco falando que alguém tentou invadir a sua conta com um link, não clique de forma alguma. 

3. Cobrança com boletos falsos

Os criminosos que aplicam esses golpes financeiros, geralmente utilizam do e-mail que é uma forma barata. Eles enviam um link ou anexo contendo  vírus, trojan ou malware que, ao serem clicados, invadem o seu dispositivo.

Por outro lado, quando o boleto é impresso, os vírus modificam o código de barras, fazendo com que o dinheiro que você está transferindo chegue até a conta bancária do estelionatário. 

Para se proteger do pagamento de boleto falso, considerado um dos principais golpes financeiros aplicados hoje em dia, é importante ter instalado em seu computador um antivírus de qualidade e não clicar em nenhum link suspeito recebido por e-mail. 

Além disso, é recomendado ficar atento aos detalhes do boleto. Os bandidos agem utilizando da falta de atenção da vítima. É importante verificar os dados do destinatário, e se o valor e o CNPJ da empresa coincidem. 

4. Sites falsos

Esse se tornou um dos principais golpes financeiros durante a pandemia. Surgiram inúmeros sites falsos se passando por grandes empresas que vendem todos os tipos de eletrônicos e eletrodomésticos.

Os sites com preços atraentes, logomarca idêntica à da empresa real fez e ainda faz inúmeras vítimas. Mesmo a página estando em uma das primeiras da lista de pesquisa do Google, devido ao anúncio pago, não se engane, pode se tratar de um site falso.

Para evitar esse tipo de golpe é necessário observar o cadeado localizado ao lado esquerdo do endereço do site que indica se o domínio da web é seguro ou não. Também verifique o endereço do site que está comprando.

Fora isso, não se deve realizar nunca pagamento através de transferência bancária e deve-se observar bem o preço. Quando a esmola é muita, pode desconfiar junto  ao santo. Sites que aplicam golpes financeiros geralmente possuem o preço abaixo do comum.

5. Pirâmides financeiras

Por último, as pirâmides financeiras. Elas estão entre os golpes financeiros mais antigos e comuns de todos, que ainda consegue enganar inúmeras vítimas anualmente, com promessas de montantes de dinheiro que nunca chegam.

Esse tipo de esquema é crime no Brasil. As vítimas são iludidas acreditando que vão ganhar dinheiro facilmente, porém é um modelo de negócio que não se sustenta. 

Funciona da seguinte forma: para a pirâmide não quebrar, deve haver um fluxo constante de entrada de novos membros. Se um novo membro falhar e não conseguir prospectar mais pessoas, a pirâmide quebra. Nesse golpe pode ou não haver a comercialização de produtos. 

Logo, para evitar cair nesse golpe, observe se existem promessas de retornos de capitais acima da média a curto prazo, de forma constante e pesquise sobre a empresa para medir o nível de confiabilidade.

Como proteger seus dados para evitar fraude bancária?

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGDP) ajuda a proteger os dados dos usuários, mas, como vimos anteriormente, são muitos os tipos de golpes financeiros existentes. Portanto, o que podemos fazer, que está ao nosso alcance, é nos prevenir. Sendo assim, aqui estão algumas dicas gerais com formas de proteção de dados.

  • Possua um antivírus de qualidade;
  • Nunca coloque seus dados no telefone de terceiros;
  • Pesquise informações sobre sites e empresas;
  • Cuide da privacidade nas redes sociais;
  • Evite acessar Wi-fi aberto ao público;
  • Compre produtos online utilizando os cartões descartáveis;
  • Desconfie de qualquer tipo de link ou ligação suspeita.

O que fazer se for vítima de golpe financeiro ou fraude bancária?

Mesmo você utilizando de todas as formas de prevenção que estão ao seu alcance, para se proteger, você ainda está sujeito a sofrer golpes financeiros, devido à exposição dos seus dados na rede.

Caso isso aconteça, nós da Indenizei.com nos colocamos à disposição para solucionar o seu problema. Para facilitar a sua vida e você não ter preocupações, cuidamos de toda a parte burocrática com agilidade e praticidade.

Possuímos especialistas competentes para requerer os seus direitos. Você só paga se ganhar a causa e realizamos uma avaliação gratuita do seu caso. Ficou interessado? Converse com um de nossos especialistas.

Surgiu uma dívida no seu nome que não reconhece? Avalie seu caso gratuitamente.

Trabalhamos para solucionar problemas como negativação indevida  do seu nome e com muitas outras soluções de problemas relacionados ao consumo e viagens de avião. Confira nosso blog e saiba mais sobre seus direitos de consumidor.

Indenizei.com

A Indenizei está no mercado desde 2020 e já ajudou mais de 1.500 pessoas que tiveram problemas com voo. Foram atrasos, cancelamentos, remarcações, overbooking e muito mais. Não deixe de buscar pelos seus direitos! ✈️ Indenizei: aqui a indenização voa até você.

Indenizei.com

Indenizei.com

A Indenizei está no mercado desde 2020 e já ajudou mais de 1.500 pessoas que tiveram problemas com voo. Foram atrasos, cancelamentos, remarcações, overbooking e muito mais. Não deixe de buscar pelos seus direitos! ✈️ Indenizei: aqui a indenização voa até você.

Deixe um Comentário

Optimized with PageSpeed Ninja